Uma volta com o Golf TDI depenado do Dieselgate

Uma volta com o Golf TDI depenado do Dieselgate

Você se lembra de Joe Mayer, o cara de Cincinnati (Estados Unidos) que desmontou seu Golf TDi 2010? Ele ainda está aguardando a resposta da empresa alemã sobre a recompra de seu carro, e isso pode demorar semanas após um juiz alertar os proprietários para pararem de desmanchar seus carros. Mas este tempo deu ao Jalopnik a chance de dirigir o famoso Golf diesel – e a experiência parece ter sido bem divertida.

Leia também:

Enquanto não sabemos se isso está dentro da lei, um editor do Jalopnik convidou Mayer para uma volta pela cidade – e eles não cruzaram nem sequer com uma viatura, mas aparentemente “dirigir sem portas, capô e interior não provoca a polícia” em Cincinnati. O carro, de qualquer forma, é uma atração para as outras pessoas, que “nos abordavam, para tirar fotos e fazer perguntas – não como ofensa, mas como uma curiosidade”.

E ele queima pneus muito bem. Isso não é uma surpresa, já que, após a desmontagem, o Golf pesa cerca de 1.135 kg e ainda tem cerca de 32,5 kgfm de torque no motor 2.0. De qualquer forma, a coisa mais legal do Volkswagen depenado, de acordo com David Tracy, do Jalopnik, foi a visão – “sem portas e sem tampa traseira, parece que estou em um kart, com o vento frio na minha cara, com muita visibilidade em minha volta”.

Então, quais serão os próximos passos deste Golf? Eventualmente, ele será entregue ao concessionário Volkswagen, que iria destruí-lo, segundo teriam dito ao proprietário por telefone. A marca disse oficialmente que pretende arrumar os veículos e revendê-los. “Eu só queria ver o que aconteceria, e tentar fazer algum dinheiro com isso”, disse Mayer, que não considera o que está fazendo “algo terrível”. A Volkswagen já disse que desmontar o carro “não faz parte da recompra”, então apenas o tempo dirá quando – e como ” o Golf será aceito pela fabricante.

Fonte: Jalopnik 


Publicidade