Renault Stepway se separa do Sandero e ganha versão mais barata por R$ 58.240

Renault Stepway se separa do Sandero e ganha versão mais barata por R$ 58.240

Renault Stepway 2017

A Renault inicia as vendas de uma nova versão do Stepway. Chamada Expression, essa configuração já aparece no configurador do site da marca, embora com outro valor. Será vendida por R$ 58.240, R$ 3.060 a menos do que o modelo acima, o Dynamique, comercializado por R$ 61.300.

Publicidade

Você percebeu que dissemos Renault Stepway? Pois é, agora a Renault o batiza assim para o descolar da versão comum e posicioná-lo como um… SUV. É exatamente a mesma estratégia que a Fiat usou um tempo atrás com a antiga Palio Weekend que agora é  somente Weekend.

Leia também:
Projeção – Como deve ficar a nova geração do Renault Duster brasileiro
Renault inicia vendas da picape Alaskan na Europa. No Brasil, só em 2019

  • Renault Sandero reestilizado no Brasil será mais refinado
  • Renault Sandero Stepway

    O rebatismo do Renault Stepway já tem efeito. A maior parte do site mostra o carro como Stepway, sem citar o nome Sandero. Claro, faltam ajustes, como a foto do modelo, que ainda diz na placa “Sandero Stepway” e atualizar o configurador, que coloca o aventureiro junto ao Sandero. O Brasil é o único país a fazer essa distinção, pois o sobrenome é utilizado em outros carros, como a minivan Lodgy Stepway.

    Para ser vendida por R$ 58.240, a versão Stepway Expression teve que perder equipamentos. Vem sem o piloto automático com limitador de velocidade, as peças em preto brilhante (black piano) foram pintadas de prata e tanto o volante quanto os bancos perdem o acabamento de couro. Manteve apenas as travas e vidros elétricos para as quatro portas, sensor de estacionamento, faróis de neblina e retrovisor com ajuste elétrico.

    Renault Sandero Stepway

    O Renault Sandero Stepway, ou melhor, Renault Stepway, é oferecido somente com o motor 1.6 SCe de 115 cv a 5.550 rpm e 16 kgfm de torque a 4.000 rpm, com junto ao câmbio manual de 5 marchas. A opção com a transmissão automatizada Easy-R continuará na linha, por R$ 64.750.

    E vocês, o que acham desta estratégia de tirar o nome do carro e utilizar somente o sobrenome? 


    Publicidade