Adiado para 2018, Renault Koleos ganha 5 estrelas em teste de colisão

Adiado para 2018, Renault Koleos ganha 5 estrelas em teste de colisão

Renault Koleos crash-test

Antes prometido pela Renault do Brasil para chegar antes do Kwid, o crossover médio Koleos acabou adiado para o ano que vem, na expectativa por alterações na tributação dos modelos importados. Virá da Coreia do Sul somente na versão topo de linha e deverá custar cerca de R$ 150 mil. Enquanto não chega por aqui, o EuroNCAP aproveita para fazer o teste de colisão que rendeu nota máxima de 5 estrelas para o SUV.

Publicidade

Leia também:

O EuroNCAP elogiou muito a proteção para batidas frontais do Koleos, que marcou elevados 90%. No principal teste, de colisão a 64 km/h, os dummies só acusaram perigo para a perna direita do motorista – todo o resto teve o melhor nível possível de proteção. O resultado também foi bom na batida lateral e teste do efeito chicote. O SUV teve um desempenho mediano no crash-test frontal completo, em que batem todo o veículo, apresentando um pouco mais de perigo para o passageiro.

Criticaram o resultado para crianças até 6 anos, citando problemas para evitar a força da desaceleração. Porém, seu maior pecado foi na proteção para pedestres. Recebeu nota mediana por um resultado ruim na região da pelvis. No geral, foi bem avaliado pela entidade.

O Koleos chegará com a missão de se tornar o carro de imagem da Renault no Brasil, mostrando um crossover mais refinado, se descolando dos modelos Dacia adaptados para nosso mercado. Tanto que virá muito bem equipado, com sistema de som Bose composto por 13 alto-falantes, central multimídia com tela de 8,7” na vertical, abertura do porta-malas por gestos e mais itens.

Renault Koleos

A única versão a chegar ao Brasil será equipada com motor 2.5 16V a gasolina de 186 cv, combinado ao câmbio automático CVT e tração 4×4 – com modo de tração dianteira, 4×4 automático e 4×4 bloqueado, com divisão de 50% do torque para cada eixo. Na Ásia e Europa, ainda tem a versão 2.0 de 150 cv com tração dianteira.

Além do Koleos, a Renault prepara a reestilização da dupla Logan e Sandero para 2018. Ambos terão leves alterações em relação ao modelo europeu. A principal novidade será a mudança na mecânica, aposentando o câmbio automatizado Easy-R, substituído pela transmissão CVT já utilizada nos crossovers Duster e Captur. Falando no Duster, a segunda geração vista no Salão de Frankfurt só chegará ao Brasil em 2019.

Fotos: Divulgação e Motor1.com

Comentários no Motor1


Publicidade