Novo Duster é mostrado por completo na versão Dacia

Novo Duster é mostrado por completo na versão Dacia

Dacia Duster 2018

A segunda geração do Dacia Duster, vendido por aqui como modelo da Renault, foi revelada no final de agosto. Mas só agora foram mostrados todos os detalhes do SUV, com fotos do interior e as tecnologias que terá. Chega às concessionárias na Europa no começo de 2018. A versão brasileira é aguardada para o segundo semestre do ano que vem, como uma das atrações da Renault para o Salão do Automóvel de São Paulo.

Publicidade

Leia também:

Como já vimos antes, o novo Duster parece mais uma reestilização do que uma nova geração de fato. Isso porque ele recebeu mudanças tão sutis no design que mal parece ter sido alterado, mas essas mudanças estão lá – e mostramos com detalhes, lado a lado. O destaque é a lanterna traseira, com formato bem parecido com o do Jeep Renegade.

Embora utilize a mesma plataforma B0 que o atual, todos os painéis da carroceria são novos e colocaram o para-brisa 100 milímetros à frente, aumentando o espaço na área do motorista. A Dacia espera que mantenha as 3 estrelas do máximo de 5 no teste de colisão do Euro NCAP, subindo para 4 estrelas com todos os opcionais.

Dacia Duster 2018
Dacia Duster 2018
Dacia Duster 2018

“O novo Duster aumenta sua aparência de SUV com um design exterior robusto que foi completamente redesenhado, enquanto o interior enfatiza conforto e qualidade aparente,” explica Francois Mariotte, diretor comercial da Dacia.

Dacia Duster 2018

A cabine, até então mantida em segredo, conta com novo painel de instrumentos, equipado com uma tela de definição melhorada para o computador de bordo. O volante também mudou, principalmente nos comandos. A central multimídia é a mesma, mas nos disseram que é temporário, pois a marca trabalha em um novo sistema. Ainda é controlado por uma haste separada na base direita do volante e, pelo menos, foi reposicionada e fica mais alta. Os botões no console central têm novo desenho. Apostará em um pacote tecnológico mais completo “nunca visto antes em um carro da Dacia”, incluindo câmera frontal e lateral, alerta de ponto cego, airbags de cortina, ar-condicionado automático, partida por botão e faróis com sensor crepuscular.

Apesar da festa para mostrar o SUV, não falaram nada sobre sua mecânica. Sabemos que, na Europa, seguirá com os motores atuais, o 1.2 turbo a gasolina ou o 1.5 diesel, que podem ser combinados ao câmbio manual ou transmissão automatizada de dupla embreagem. A fabricante promete melhorias no sistema de tração integral, importante para o mercado europeu. Quando chegar ao Brasil, deve manter o 1.6 e 2.0 do Duster atual, manual ou CVT.

Comentários no Motor1


Publicidade