Mitsubishi e-Evolution adianta SUV que ressuscitará nome Evolution

Mitsubishi e-Evolution adianta SUV que ressuscitará nome Evolution

Mitsubishi e-Evolution

Depois de reviver o nome “Eclipse” e transformá-lo em um SUV, a Mitsubishi irá ressuscitar o nome de outro esportivo como um veículo utilitário. Conheça o e-Evolution, SUV totalmente elétrico cujo design parece ter saído diretamente de um robô da série animada Gundam. Enquanto o Eclipse apareceu como modelo de produção, o Evo renasce como um conceito, apresentado no Salão de Tóquio (Japão).

Publicidade

Leia também:

Detalhes sobre as especificações técnicas ainda são escaços, mas sabemos que o estiloso e-Evolution utiliza três motores elétricos “torcudos”. Um deles move as rodas do eixo dianteiro, enquanto os outros dois ficam no eixo traseiro, dando ao conceito uma configuração de tração integral beneficiada por vetorização de torque controlada eletronicamente. Prometem “desempenho suave e com respostas poderosas”, além de uma grande bateria instalada embaixo do piso do veículo para reduzir o centro de gravidade, de autonomia não divulgada.

Uma função interessante destacada pela Mitsubishi está nas pinças de freio, operadas eletricamente e que entregam um desempenho de frenagem superior ao das pinças hidráulicas, além de terem uma resposta mais rápida ao pisar no pedal do freio.

2017 Mitsubishi e-Evolution concept
2017 Mitsubishi e-Evolution concept

Assim como o Nissan IMx – outro conceito de SUV elétrico apresentado no Salão de Tóquio – o e-Evolution tem portas suicidas (que abrem para o lado contrário) que dão acesso a uma cabine sem divisões com quatro assentos individuais. O painel de instrumentos tem um grande display central rodeado por duas telas menores responsáveis por mostrar a imagem das câmeras que substituem os espelhos laterais. O cluster totalmente digital fica atrás do volante (que é bem interessante), enquanto a parte inferior do console central tem mais uma tela com botões sensível ao toque.

Ainda não há informações sobre sua versão de produção, apesar de sabermos que a Mitsubishi trabalha em seis novos veículos e cinco reestilizações – todo para serem lançados nos próximos três anos. A fabricante deu a entender que um modelo de rua do Evo pode ser feito, mas levará mais um tempo, já que oficialmente a marca diz que isso não deve acontecer pelos próximos seis anos.

Fonte: Mitsubishi

Comentários Motor1


Publicidade