Ford sobe o Everest para comemorar recorde de vendas na China

Ford sobe o Everest para comemorar recorde de vendas na China

Ford Everest

Ford Everest

A Ford registra nesta semana o alcance de mais um recorde de vendas na China levando em conta o desempenho comercial de um único mês. Conforme detalha a marca, a cifra de 100 mil veículos entregues foi superada durante junho e representou avanço de 15% na comparação com igual período de 2016 – a melhor performance para um mês no país. Tomando como base o segundo trimestre, os números são igualmente animadores, com 282 mil unidades comercializadas e crescimento de 7% sobre o ano passado.

Publicidade

Leia também:

Longe do Brasil, Everest foi pensado para ser mais que “SUV da Ranger”
Projeção – Ford Focus Sedan 2019 será maior e mais sofisticado
Novo Ford Bronco terá visual inspirado no Troller T4, diz site

Paralelamente à quebra deste recorde, a marca realizou uma desafiadora expedição com o SUV Everest (um dos responsáveis pelos 100 mil emplacamentos) rumo, exatamente, ao monte Everest (fronteira da China com o Nepal). Ponto mais alto do planeta, com mais de 8 mil metros de altura, a montanha serviu de cenário para a viagem e pôs à prova as principais capacidades do modelo. A aventura teve como destino o acampamento base do pico, que fica a nada menos que 5 mil metros de altitude.

 

Ford Everest

 

A viagem exigiu extenso planejamento, tendo em vista se tratar de um trajeto estreito, montanhoso e susceptível a mudanças drásticas de temperatura. A escolha do SUV permitiu testar na prática equipamentos como sistema de gerenciamento de terreno, suspensão inteligente, sistema de tração nas quatro rodas, altura do solo de 225 mm e capacidade de atravessar trechos alagados com água até 800 mm de altura.

 

Ford Everest

 

Derivado da mesma plataforma T6 que sustenta a picape Ranger, o Everest chegou a ter lançamento cogitado no Brasil, mas os planos não seguiram adiante. Atualmente, o único representante da Ford no segmento de SUVs de luxo por aqui é o Edge, importado do Canadá.

Comentários no Motor1

Fotos: divulgação


Publicidade