Ford retoma atividades após fim da greve na fábrica de Taubaté

Ford retoma atividades após fim da greve na fábrica de Taubaté

Focus

Focus

Iniciada na última segunda-feira (3), a greve que paralisou as atividades da fábrica de motores da Ford em Taubaté (SP) chegou ao fim na quinta-feira (6). Em assembleia, os trabalhadores optaram pelo retorno às atividades após aceitação praticamente unânime à proposta do Tribunal Regional de Trabalho (TRT) de Campinas (SP). No acordo, o sindicato local conquistou as medidas reivindicadas e nenhum funcionário terá descontados do salário os dias de trabalho parados.

Publicidade

Leia também:

Greve paralisa fábrica de motores e câmbios da Ford em Taubaté
Exclusivo! – Novo Ford Focus Sedan 2018 é flagrado pela 1ª vez
Segredo – Ford Fiesta nacional é o próximo a aposentar o Powershift

Com base na proposta, a Ford terá de desenvolver escalas que privilegiem a jornada de trabalho de segunda a sexta-feira ao maior número possível de trabalhadores, com folgas aos sábados e domingos. Durante a greve, o sindicato reclamava que o esquema estabelecido até então (com dias de descanso separados e, às vezes, no meio da semana para algumas equipes) prejudicava os funcionários.

 

Ford EcoSport

 

A fábrica emprega ao todo 1.600 pessoas e é responsável pela produção dos motores flex 1.5 (usado pela família Ka e pelas configurações de entrada do Fiesta) e 1.6 (presente no Fiesta, no Focus e no EcoSport). Em versões movidas apenas a gasolina, estes mesmos propulsores também equipam modelos exportados para México, Argentina e Venezuela.

Comentários no Motor1

Fotos: divulgação


Publicidade