Flagra! - Peugeot 208 de 2ª geração se esconde sob a carroceria do atual

Flagra! – Peugeot 208 de 2ª geração se esconde sob a carroceria do atual

Peugeot 208 de 2ª geração

Peugeot 208 de 2ª geração

A Peugeot já disse que seus modelos não vão mais subir de número em suas novas gerações. O 308 será sempre 308, o 108 e também o 208, que, com isso, chegará a sua 2ª geração em alguns meses, já com a nova plataforma modular da PSA, chamada de CMP (Common Modular Platform), mas ainda com a carroceria atual para disfarçar. O que nos permite ver alguns detalhes interessantes.

Leia também:

Peugeot 208 foi o carro com maior percentual de financiamentos em janeiro
Hatches compactos mais vendidos – Peugeot 208 é único a crescer em janeiro
Briga em casa – Peugeot 208 Active x Citroën C3 Attraction

Pelas fotos, nota-se que o futuro 208 terá bitolas mais largas, como mostram as extensões nos para-lamas. Já o entre-eixos parece que continuará exatamente o mesmo: não há recortes na carroceria que denunciem um aumento da carroceria e as rodas estão bem centralizadas dentro dos para-lamas. Só a traseira parece estar um pouquinho para trás, o que talvez indique aumento de poucos centímetros na medida entre os eixos, que já é de excelentes 2,54 m. O novo VW Polo ficará em 2,56 m, o que mostra como não é preciso que o 208 cresça muito mais. A não ser que ele queira se tornar um modelo médio…

2018-peugeot-208-spy-photo-2

A plataforma CMP exigiu um investimento de 200 milhões de euros, dos quais a PSA bancou 60% e a Dongfeng o restante. As duas empresas usarão a nova plataforma modular, que também deve ser aplicada aos futuros modelos da Opel, como o Corsa. O 208 atual é construído sobre a plataforma PF1/A. Fala-se que a CMP permitirá uma redução de peso de até 100 kg, o que é um bocado de peso até para modelos médios.

2018-peugeot-208-spy-photo-1

Ainda que o 208 faça relativo sucesso aqui no Brasil, é possível que o que está em desenvolvimento na Europa não seja o mesmo que será vendido aqui. Isso porque, como os amigos do site Autos Segredos revelaram em janeiro, a PSA trabalha por aqui no projeto P21. Ele também usará a plataforma CMP, mas talvez tenha estilo e nome diferentes dos usados na Europa. Seu motor será o EC5, um 1.5 de 3 cilindros que promete ser fácil de manter e econômico como o 1.2 PureTech. Se ele vier com barras de proteção lateral, coisa que a PSA eliminou de todos os modelos com a plataforma PF1/A na América Latina (incluindo C3, 2008 e AirCross), já estaremos no lucro.

Fotos: CarPix


Publicidade