Fábricas da Renault e da Nissan são afetadas por ciberataques

Fábricas da Renault e da Nissan são afetadas por ciberataques

Fábrica da Nissan em Sunderland, no Reino Unido

Fábrica da Nissan em Sunderland, no Reino Unido

Os ciberataques do dia 12 de maio não prejudicaram apenas governos e empresas de telefonia. Pelo menos duas fabricantes também sofreram os efeitos do ataque virtual: Renault e Nissan. Curiosamente, ambas fazem parte de uma mesma aliança, com softwares possivelmente comuns, o que talvez explique que apenas elas tenham tido problemas até agora com o ataque.

Leia também:

Software que bloqueia celular no carro pode virar realidade
Ford anuncia 3º recall para Ranger neste ano; problema agora está no software do motor
No mundo todo: Toyota faz recall de 1,9 milhão de Prius por falha no software

Publicidade

A Renault teve a fábrica de Novo Mesto, na Eslováquia, paralisada pelo problema. Ali são fabricados o Twingo III, o Smart Forfour e o Clio. A Nissan, por sua vez, teve a fábrica de Sunderland, no Reino Unido, afetada. Ali são fabricados o Nissan Qashqai e o Infiniti Q30.

nissan-sunderland

Ambas as empresas afirmaram que estão trabalhando na solução do problema e que devem retomar a produção em breve. Algo que é especialmente importante para a Nissan, já que o Qashqai é um de seus modelos mais vendidos na Europa.

Fotos: divulgação


Publicidade