Ex-chefe de motores da Volkswagen é preso por conta do Dieselgate

Ex-chefe de motores da Volkswagen é preso por conta do Dieselgate

Volkswagen

A imprensa da Alemanha noticia nesta sexta-feira (29) a prisão de um importante executivo do grupo Volkswagen no âmbito das investigações do escândalo do Dieselgate. De acordo com informações publicadas pelo jornal Süddeutsche Zeitung, o chefão em questão é o engenheiro Wolfgang Hatz, que acumula mais de 20 anos de serviços prestados à empresa. Hatz foi chefe do departamento de desenvolvimento de motores da Audi entre 2001 e 2007, e entre os anos de 2011 e 2015 atuou como membro do conselho da Porsche responsável pelas áreas de pesquisa e desenvolvimento. É descrito ainda como pessoa de confiança do ex-CEO Martin Winterkorn, que renunciou ao comando da VW após a descoberta da fraude.

Publicidade

Leia também:

dieselgate vw

Ainda segundo a publicação, a prisão aconteceu na última quarta-feira por ordem de um juiz de Munique. Hatz é acusado de manter conexões diretas com o famigerado caso de manipulação de motores a diesel, que consistia na instalação de um software programado para burlar regras anti-poluição. Milhões de veículos foram afetados no mundo inteiro, envolvendo principalmente modelos das marcas Volkswagen e Audi. Outros dois ex-funcionários do grupo já estão presos pelo mesmo motivo, mas Wolfgang é o executivo de mais alto escalão do grupo a ser detido até agora.

Foto: Divulgação

Comentários Motor1


Publicidade