Chery Tiggo sai do site da marca à espera do novo Tiggo 2

Chery Tiggo sai do site da marca à espera do novo Tiggo 2

Chery Tiggo 2

Confirmado como o próximo modelo nacional da Chery, o Tiggo 2 está bem próximo do lançamento. Prova disso é que o atual Tiggo já não está mais disponível no site da marca. Oferecido por aqui desde 2013, o SUV que está se despedindo do mercado foi destaque por ser o primeiro chinês com câmbio automático no país.

Publicidade

Leia também:

Novo Chery Tiggo 5 estreia com visual “quadradinho” e mais equipamentos
Salão de SP: Chery apresenta o Tiggo 2, que será nacional em 2017
JAC confirma estreia do T40 para julho com preço na faixa de R$ 60 mil

Lançado no Brasil em julho de 2013 na versão reestilizada, o Chery Tiggo era equipado com o motor 2.0 de 138 cv e 18,6 kgfm de torque. Ganhou câmbio automático no primeiro semestre de 2014, se tornando o SUV mais barato do país com essa opção de transmissão. Ele era importado do Uruguai e tinha preços de R$ 53.390 (MT) e R$ 59.990 (AT), com unidades ainda da linha 2015.

Salão de SP: Chery apresenta o Tiggo 2, que será nacional em 2017

Tiggo 2 será o novo carro-chefe da Chery

Já o sucessor Tiggo 2 chegará ao mercado por volta de julho, conforme apuramos junto à Chery. Peça chave da nova estratégia, focada nos SUVs e que pretende “salvar” a marca no Brasil, o crossover será construído sobre a mesma plataforma do Celer, mas com visual e acabamento próprios.

Salão de SP: Chery apresenta o Tiggo 2, que será nacional em 2017

O utilitário compacto será o terceiro modelo a ser produzido na fábrica da Chery em Jacareí (SP), ao lado de New QQ e Celer. Conforme anunciado em outubro de 2016, a marca pretende produzir 20.000 unidades/ano, 20% do que a empresa estimava produzir quando instalou sua fábrica no país.

Salão de SP: Chery apresenta o Tiggo 2, que será nacional em 2017

Seguindo uma estratégia semelhante à da Honda com o WR-V e à da JAC com o T40, ainda que a Chery venha com um crossover de verdade, o modelo será inserido na base dos SUVs, enfrentando desde os hatchbacks “aventureiros”, como o próprio WR-V, VW CrossFox e Sandero Stepway, quanto as versões de entrada de EcoSport, HR-V e Renegade, entre outros. Ainda que apostemos que ele terá preço bem mais baixo que o destes últimos. A conferir.

Fotos: divulgação

Fotos: acervo Motor1


Publicidade